<< VOLVER

Conexões TH104 / TH104BUS

O sistema de controle da temperatura protege ao transformador contra o sobreaquecimento, quando há temperatura ambiente elevada, pouca ventilação ou de sobrecarga. Isto permite a utilização máxima da potência.

Central TH104 e termômetro resistências PT100

O controle da temperatura é efectuada mediante termometros de resistencia do tipo PT100, as quais fornecem um sinal variável e lineal em função da temperatura, que faz com que seja possível obter uma indicação na central.
O PT 100 são usados ​​três cabos de arame conexão com isolamento de Teflon e cápsula de aço inoxidável ø 6 x 60 isolada, para um aumento de temperaturas de 0 ° C a 200 ° C. ...
A subida de temperatura no enrolamento é transmitido para o termômetros de resistencia, as quais aumentam o seu valor em função directa do gradiente de temperatura experimentado pelos enrolamentos. Este sinal entra nos Controladores e podem ser visualizados no mostrador do mesmo. De acordo com as programações realizadas na Central, opera os dois circuitos de ventilação, alarme e desligamento de falhas.

As características gerais do termômetros de Resistencia PT100 são:

Aplicação Medição de temperatura em enrolamentos de transformadores e motores.
Versão Material de acero inoxidável de ø 6 x 60 mm de comprimento, com isolação exterior de vidro silicone.
Terminais 3 Cables aislados entre si y en conjunto exteriormente, para temperatura máxima operativa de 180 ºC.
Classificação
de operação
0 – 200 ºC.
Resistencia elétrica 100 Ω @ 0 ºC.
Rigidez
elétrica
3 kV durante 1 minuto.

A central do controle da temperatura TH104 foi desenhada especificamente para a instalação em transformadores a seco encapsulado em resina epoxi, oferecendo uma leitura completa do estado térmico do transformador e, por conseguinte, uma protecção segura e eficaz.

Os controladores devem ser instalados no painel de manobra, já que é ligado ao transformador, estaria exposta a uma temperatura maior do que é permitido pelas regras.
os bornes 13-14-15 são para acionar um sinal visual ou sonoro do alarme, os bornes 16-17-18 são para atuar em um interruptor de carga e desligar o transformador, e os bornes 19-20-21, são para indicar uma falha em qualquer instalação dos termometro de resistencia das mesmas.

Se a instalação necessita de ventilação forçada, A central de controle da temperatura TH104 tem contactos 22-23 e 24-25 para comandar dois grupos de ventiladores instalados na parte inferior do transformador, ou um armário no quarto e soprando extracção de ar.

IMPORTANTE:

É muito importante verificar o aperto dos cabos do termometro de resistencia nas borneras tanto o transformador como na Central de Controle, caso contrário, pode causar leituras erradas dos sensores e mau funcionamento da central.

A ligação do circuito de controle da temperatura entre o transformador e a central deve ser feita usando um cabo especialmente desenhado para o efeito, a fim de evitar a interferência e consequentemente, os posiveis erros de medição e alarmes falsos.

O cabo recomendado pelo fabricante para efetuar tal conexã e o detalhe a continuação:

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DO CABO DE EXTENSÃO PARA Pt100

CABO 20XAWG 20/19 CU/SN
SECÇÃO 0,55 mm²
Isolamento Anti-chama PVC105
Normas CEI 20.35 IEC 332.1
Máx. Temperaturas de trabalho: 105°C
Estrutura: 4 fios com três condutores trançados e coloridos.
Blindagem de cu/sn
Proteção PVC Anti-Chama.
Diâmetro externo de 9,0mm
Confecção standard em bandejas de 100m



Vista posterior del TH104.


Vermelho Branco Branco Conexão sondas Pt100.


Conexões relé de alarme e ventilação.


Conexão Alimentação.




Esquema de conexão típico.

 

<< VOLVER

THermtronic   |  TH104   |   TH104BUS   |   TH212  |   PT100   |   Ventilação Forçada   |   Contato
Copyright © 2009/2021 THermtronic. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Gustavo Troisi